x
  • Olá, o que deseja buscar?

Cursos que temos a oferecer

e48af225575ddece98909e2045d20445.jpeg

Gestão e Operação Portuária

Carga horária

40 horas

Objetivo

Neste momento o país está discutindo a questão da desestatização de portos, em que provavelmente será um novo marco para o setor portuário brasileiro. Neste sentido, os portos de Santos e São Sebastião serão estudados num futuro breve, em termos do modelo de gestão no âmbito legal e operacional. O primeiro estudo já concluído foi realizado para o porto do Espírito Santo que é administrado pela Companhia Docas do Espírito Santo S.A. CODESA, sendo encomendado pelo Banco de Desenvolvimento Nacional (BNDES). A partir deste novo paradigma de gestão e operações de portos no Brasil, mudanças nas sistemáticas de gerenciamento deste setor poderão ser induzidas no curto, médio e longo prazo. Considerando que os portos brasileiros são responsáveis pela movimentação de 90% das cargas de exportação do país, bem como, devido ao quantitativo de 37 portos públicos e mais de 200 terminais portuários distribuídos dentro da extensão litorânea nacional, além dos portos e terminais fluviais, a mudança no modelo de gestão que está sendo estudada poder-se-á abrir novas oportunidades e necessidades para o setor. Novos terminais portuários estão sendo construídos no eixo norte do país, consolidando o Arco Norte como um novo vetor de exportação de commodities nacional. As projeções indicam que o volume a ser movimentado até 2030 deverá alcançar a ordem de 30 milhões de toneladas. Novas expansões também estão sendo previstas e sendo realizadas pelos arrendatários dos terminais dentro das áreas de porto público. Adicionalmente, verificamos que a produtividade dos portos brasileiros está aumentando anualmente. Em 2019, o Brasil movimentou 1,1 bilhões de toneladas nos seus complexos portuários (públicos e privados). Mesmo no ano de 2020, com os problemas relacionados à pandemia, a expectativa é que ocorra aumento das movimentações, principalmente no setor de graneis sólidos. Considerando o cenário atual brasileiro e as mudanças que podem ocorrer neste setor chave para o desenvolvimento do país, bem como, a demanda por profissionais capacitados para suprir os desafios emergentes é que a Universidade Federal Fluminense – Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica de Volta Redonda criou o curso de formação executiva de curta duração intitulado “Gestão e Operação Portuária” com carga horária de 40 horas, sendo 24 horas presenciais online ao vivo e 16 horas a distância para o desenvolvimento de atividade complementar. Este curso está dentro de um pacote de cursos de formação executiva oferecidos pela instituição. Formação Executiva UFF – VR – https://www.fexuff.com.br/ - WhatsApp (24) 98175-0747 O curso será ministrado de maneira remota ao vivo às sextas-feiras (18:00 às 22:00 horas) e sábados (8:00 às 12:00), por meio da Plataforma ZOOM. 

Serviços inclusos

  • Tutoria
  • Questões
Disciplina Descrição Professor Aulas
Transporte marítimo e fluvial Palestra Com Luciana Guerise e aulas com Gustavo Costa 8 horas aula(s)
Características das cargas movimentadas Palestra com Walter 4 horas aula(s)
Equipamento portuário Palestra de Randal Couceiro e Aulas de Luiz Abdenur 4 horas aula(s)
Planejamento portuário Claudio Fontenelle 4 horas aula(s)
Planejamento portuário 2 Osvaldo Agripino 4 horas aula(s)
Atividades complementares Gestão e Operação Portuária Newton Narciso Pereira 16 horas aula(s)
Material do curso de Gestão e Operação Portuária Newton Narciso Pereira 0 aula(s)

Investimento

R$ 900,00


O valor do curso é de R$900,00, podendo ser parcelado em até 3 vezes. Entre em contato com o nosso atendimento para efetuar seu cadastro através do nosso site.


Nós usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.